quarta-feira, 17 de novembro de 2010

× Silence ×

Eu estive calada por muito tempo, escondendo minhas vontades e fazendo dos meus sentimentos rascunhos com tinta em papel. Minha voz nao saía e quando eu tinha oportunidade de falar o medo me consumia, e prender o que eu sentia me machucava, me fazia perder o ritimo.


De repente eu senti que não havia mais saida a neblina que me apagava estava indo embora, todos me viam, nao tinha mais onde me esconder. Precisei abandonar o silencio parar de dizer o que sinto para dizer o que penso, viver o que sinto e pensar no que vivo.
A obrigação de estar calada passou, o medo de não sorrir me abandonou e depois que a neblina não me apagava, despertaram em mim o primeiro sorriso real. O silencio não me consumia e eu já nao guardava para mim o que penso e estava vivendo o que sinto.
E se cometi em algum momento algum erro, a dor passa, mas o amor não, tudo que é verdadeiro permanece, não se esquece, quebra o silencio. E se a dor persistir em existir viva o que sente, uma hora a neblina vai embora e com certeza voce vai sorrir.
Não posso me esquecer que um dia o silencio acaba, as cortinas se abrem, a dor passa, o amor fica, as lembranças aparecem e uma hora a vida te obriga a viver, pois ela desperta teu sorriso e te mostra que voce existe e nao te deixa calar.
E quando a quebra do teu silencio encomoda alguem, esse alguem tambem diz o que pensa e passa a viver o que sente...
A dor passa...

2 comentários:

Rafael disse...

falsas verdades...
deveria dizer q nda existe simplesmente. Só isso, que o mundo nunca vai mudar
as pessoas só vao atras do que querem, nem q tenham q pasar por cima dos otros.

Se axa legal fazr textos...

"Enganação"
A criação nos ensina a não confiar plenamente no ser humano. Apesar, de não acreditar hoje nem em deus, cito aqui parte de seu legado em papel...do qual diz, não confiai em algum ser humano.
Dita a regra, o ser humano ja nasceu desobedecendo desde os primórdios, e exatamente iguais a estes, ainda continuamos a não obedecer.
Cria-se expectativas, acredita-se em palavras, sente-se emoção, sente-se alegria, e cria sonhos, dos quais nunca se realizaram.
Falar de tal coisa é tão facil em papel, ou qualquer outro tipo de se escrever. Mas, apartir da hora que se passa por isso, e novamente, logo após ser levado ainda a situação pior, concorda-se que nada eh real.
O mundo foi feito pra quem é rude, pra aqueles que se deixam levar, aqueles que pensam em primeiro lugar no seu próprio bem estar, naqueles que menten, enganam e omitem. E aquele que foi criado e passou a ser diferente, somente é pisado, e passado para trás.
Digo, que esquecimento existe parcialmente e é muito facil aqueles que são espertos passarem por esta fase, afinal, eles ja pensan nisso bem antes. Pois cada palavra que sai poucas são verdadeiras, promessas, juras, sonhos, nenhum realmente se concretiza, ou se realiza por esforço de si. E da parte contraria, acredita-se, sonha-se concretiza-se e por fim é deixado.
A versão mais realistica de tudo aquilo que se sente, falando de amor.
Não Existe.
Não para todos.

Alguem que te amou disse...

é rafa existe sim.